oto GRUPO ×
WhatsApp: (85) 3466-1133
Blog

Saiba como a Fisioterapia auxilia no tratamento da Covid-19

6 de outubro de 2021
Saiba como a Fisioterapia auxilia no tratamento da Covid-19

Pacientes diagnosticados com coronavírus estão sujeitos a diversas complicações. Dentre as principais, está a disfunção respiratória, principal acometimento desta patologia. A atuação de profissionais da fisioterapia cardiorrespiratória é fundamental para otimizar o tratamento, prevenir e amenizar as sequelas da Covid-19. 

Acompanhe a leitura e saiba agora como a fisioterapia pode auxiliar a restabelecer a saúde diante do coronavírus.

Como a fisioterapia atua no tratamento de Covid-19?

A fisioterapia é uma importante aliada no tratamento da Covid-19 por contar com técnicas voltadas para a reabilitação pulmonar bem como a funcionalidade geral da musculatura corporal e sua interação com o sistema cardiovascular.

Além do comprometimento respiratório, o tempo de permanência hospitalar aumentado na Covid-19, os medicamentos que comprometem a musculatura, a ventilação artificial, a imobilidade ou a restrição dela, ocasiona uma deterioração da função dos músculos, tônus, amplitude articular e movimento.  Em virtude disto, a fisioterapia precisa trabalhar a integridade da reabilitação cardiorrespiratória e neuromotora.

Fisioterapia na fase de hospitalização

Nas hospitalizações por Covid-19, o auxílio da fisioterapia é fundamental para acelerar o processo de recuperação do paciente, bem como evitar o agravamento do caso. Desta forma, pode-se, inclusive, diminuir a necessidade do uso de determinados medicamentos, suporte respiratório em geral, como oxigênio e o risco de sequelas após a internação. Outros objetivos fisioterapêuticos na fase hospitalar são:

  • Fortalecer a musculatura periférica, reduzir dor, fadiga e evitar sua perda gradual que compromete o movimento;
  • Atenuar sintomas cardiorrespiratórios decorrentes da doença;
  • Readaptar a capacidade cardiopulmonar às atividades independentes como caminhar, por exemplo;
  • Fortalecer a musculatura respiratória, melhorando a capacidade pulmonar e tolerância aos esforços;
  • Instalar, monitorizar e ajustar continuamente equipamentos respiratórios não invasivos, assim como readaptar suas retiradas;
  • Monitorizar a ajustar continuamente a ventilação artificial, favorecendo a retirada do tubo orotraqueal e traqueostomia.

Benefícios da Fisioterapia na fase pós-hospitalar imediata

Artigos publicados em revistas científicas internacionais de grande impacto como a Lancet (HUANG, 2021) e a Intesive Care Medicine (AERDE, 2020) apontam que pacientes que necessitaram de internação prolongada tiveram mais de 60% de fraqueza muscular adquirida.

Quando um paciente grave de Covid-19 sai da UTI, a atenção se deve ao fato do comprometimento decorrente do período de restrição da mobilidade e medicações que degeneram a musculatura como corticoide e bloqueador neuromuscular. Todo este quadro ainda vem acompanhado de desnutrição, perda de peso e sequela pulmonar, mais comumente em fibrose, restringindo a capacidade respiratória.

Por isso, o acompanhamento com o profissional capacitado é recomendado para pacientes que necessitaram de internação hospitalar, evitando a instalação de sequelas provenientes do tempo de permanência aumentado e para dar continuidade à reabilitação iniciada.

Fisioterapia no tratamento de sequelas da Covid-19

O acompanhamento com um fisioterapeuta da área de reabilitação cardiorrespiratória deve ser iniciado desde o momento inicial após a alta hospitalar pois quanto mais precoce, mais rapidamente há a recuperação do paciente e seu retorno às atividades diárias, trabalho e compromissos familiares. Este tratamento pode durar de semanas à meses até o retorno à sociedade com a melhor qualidade de vida possível.

Você sente dificuldades respiratórias e de realizar atividades diárias após a Covid-19? Para um tratamento e acompanhamento efetivo, conte com os fisioterapeutas e demais especialistas do Hospital OTOclínica.

Conheça mais sobre o nosso serviço exclusivo aqui

Compartilhar: